Este é o meu diário de bordo um lugar onde vou falar de minhas aventuras como noiva em busca do casamento perfeito, ajudar quem precisar e pedir ajuda afinal a união é quem faz a força.

Daisypath Wedding tickers

Daisypath Wedding tickers

sábado, 3 de dezembro de 2011

O tecido certo para o vestido

Bom meninas antes de começar a saga "vestido de noiva" resolvi da uma olhada nos tecidos, para saber o que eu realmente quero. Falando assim até parece que vai ser fácil escolher o vestido que eu sempre sonhei, mais não vou ser pessimista. E ai estão os tecidos.

TULE - feito com uma fina malha hexagonal, o tule pode ser de seda ou sintético. Em geral, é utilizado por quem quer um modelo com volume na saia, que poderá ser franzida, evasê, godê, rodada ou com aplicação de tufinhos no tecido. Quando a saia é volumosa, o corpo precisa ser justo e dar equilíbrio. Um vestido nunca é feito apenas de tule. Normalmente é combinado com outro material para dar forma ao corpo do vestido ou tirar a transparência.

ZIBELINA - nobre e com brilho discreto, a zibelina tem seda em sua composição e é quase sinonimo de um vestido de noiva elegante. Como é um tecido mais encorpado, fica perfeito em modelos mais estruturados e ajustado ao corpo, além de permitir vários cortes: reto, evasê, sereia, rodado. O caimento é perfeito pois contorna o corpo sem marcar. Pode ser rebordado, mas fica muito bem sozinho já que tem a quantidade de brilho ideal.

TAFETÁ - fino e resistente, este tecido empresta certo volume à roupa. Pode ser feito de seda natural ou artificial. Sua trama tem um brilho iridescente. O aspecto é meio amassado, por isso é ótimo para quem gosta de uma saia farta. É um dos tecidos mais antigos conhecidos pelo homen.

RENDA - Cheia de orifícios e desenhada, a renda pode ser feita de algodão ou de seda. A de algodão é mais encorpada por isso mais ideal para os modelos mais rentes ao corpo por não ficarem muito volumosos. Ao optar pela renada, será preciso escolher um forro sem textura de forma a ressaltar o trabalho de seu desenho. Ou use apenas a renda para dar tranparência ao colo e aos braços. Se quiser um modelo mais rico, basta rebordar o tecido.

CETIM - Com brilho e luxuoso. O cetim veio da China e inicialmente feito de seda mas com o tempo foram adicionadas fibras sintéticas. Prefira as com maior quantidade de seda para melhor caimento. Ideal para modelos levemente ajustados ao corpo pois justo demais ele marca e corre o risco de rasgar.

MUSSELINA - Originário da Turquia, é fino e leve – produzido com fio de seda. Como tem uma textura bem delicada e certa transparência, requer forro de tecidos opacos ou duas camadas de tecido. Ideal para noivas que não gostem de volume. Contorna o corpo sem ser justo.

3 comentários:

  1. Oie, td bem?
    Tem sorteio no meu blog: www.atelierbeijodeborboleta.blogspot.com
    Bjos
    Pri

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Quanto tecido! Difícil de escolher! bjinhos

    www.caseaqualquercusto.com

    ResponderExcluir
  3. Oi flooor, que post otimo! Cheio de dicas! Encontrei seu blog visitando os blogs que sigo e aproveitei para vim convidar você para conhecer o meu... Acabei de casar e vou iniciar os relatos de todo o casamento lá no blog! Lá tambem tem dicas bem legais e sorteios...
    Um beijo, vou aguardar sua visita!
    www.umalindapromessa.com

    ResponderExcluir